Muito se fala em gestão da qualidade no turismo receptivo, mas poucos empreendedores sabem o que isso realmente significa e como fazer para que esse critério guie os seus negócios.

Se você vem buscando formas de otimizar a sua gestão, melhorar os resultados e descomplicar os diversos processos que fazem parte da vida de qualquer empresa, continue a leitura!

O que é qualidade no turismo receptivo?

Bom, se dissemos no início do post que muitos empresários acreditam estar fazendo uma gestão de qualidade e atendendo bem o cliente mesmo que de forma errada, você pode estar se perguntando o que é qualidade no turismo receptivo na prática, não é mesmo?

O ponto central é que você conheça as dores do cliente e procure saná-las antes e melhor do que a concorrência. Caso contrário, poderá perder boas chances de venda por não conseguir atendê-lo adequadamente.

Algumas perguntas básicas que poderão guiar você nesse processo são:

  • Quais são as dores do meu cliente? O que posso fazer para trazer as soluções que ele busca no turismo receptivo?
  • O que a concorrência tem feito para atender bem o consumidor e atingir resultados?
  • Quais as melhores práticas no mercado atualmente?
  • O que eu tenho feito para conseguir agradar, atrair e convencer o consumidor e o que ainda falta ser feito?

Como pode ver, é necessário pesquisa sobre o cliente, o mercado e um diagnóstico sincero sobre o próprio negócio para se chegar lá.

Qual o passo a passo para a gestão da qualidade no turismo receptivo?

Existem alguns aspectos principais que poderão levar você das perguntas até as respostas que precisa para efetivar a gestão da qualidade na sua agência de turismo receptivo. Abaixo vamos destrinchá-las um pouco melhor. Veja!

Serviços diferenciados

Depois de pesquisar, averiguar as melhores práticas do mercado e o que a concorrência anda fazendo, verifique de que maneira você poderia se diferenciar nos serviços prestados. 

O uso de aplicativos, por exemplo, que funcionam em celular, tablet ou mesmo no computador de mesa (desktop) e que oferecem não só a compra de serviços específicos ao cliente, mas também a gestão de custos e emissão de voucher, pode ser de grande valia. 

Suporte especializado

Quando o cliente precisa de você como é o seu atendimento? Há uma padronização no tratamento? O consumidor precisa ir pessoalmente à sua loja para resolver problemas ou fazer uma ligação para isso?

Hoje, com a internet, a disponibilidade das pessoas para realizar qualquer esforço extra para resolver um problema é visto como algo negativo. Nesse sentido, o turismo online se torna uma forma diferenciada de você realizar um atendimento especializado. A capacitação do pessoal é parte crucial para que todos estejam aptos a prestarem essa alternativa ao cliente.

Agilidade no atendimento

O mundo digital, com sua ampla gama de conteúdo e ofertas, colocou o consumidor em uma posição privilegiada, que é a de não ter mais paciência para esperar a resolução de situações. Por isso, mais uma vez, você deve se valer de recursos como aplicativos especializados em turismo receptivo e estar pronto para atender online. Isso faz grande diferença quando o assunto é agilidade no atendimento.

Por que é importante analisar a concorrência e ouvir o consumidor?

Você deve ter percebido que frisamos bastante a questão de conhecer o ambiente à sua volta para que consiga, de fato, se diferenciar e desenvolver a gestão da qualidade no turismo receptivo, não é mesmo? Sem isso, você fica refém de “achismos” e não consegue ter a real visão de como destacar o seu empreendimento.

Nisso, entra também a capacidade de interagir, ouvir e observar o consumidor. No momento da venda ele apresentou alguma queixa ou denotava algum tipo de insatisfação, mesmo que não declarada? Você procurou conversar com ele após a venda e verificar seu nível de satisfação? Isso também conta bastante.

Como pode ver, é completamente possível aprimorar o seu negócio e fazer com que as pessoas tenham uma percepção melhor dele. Aproveite bem das informações que foram dadas para se beneficiar desse conteúdo.

Se gostou de aprender como fazer a gestão da qualidade no turismo receptivo, aproveite para entender as 5 vantagens de um software especializado para a sua agência.

Escreva um comentário