Margem de lucro ideal: aprenda a calcular e avalie o seu negócio

4 minutos para ler

Diante de um mercado tão concorrido, as empresas estão sendo obrigadas a reduzir seus ganhos para não perder competitividade. Por isso, é imprescindível que elas saibam calcular corretamente a sua margem de lucro ideal, assim como precificar adequadamente produtos e serviços, para não prejudicar o desenvolvimento do negócio.

De uma forma geral, podemos definir lucro como a diferença entre o faturamento da empresa com a venda de seus produtos ou serviços e os custos necessários para execução de todo o seu trabalho. Dessa forma, esse cálculo se torna essencial para definir o preço de produtos e serviços e garantir bons resultados corporativos.

Agora que você já sabe o conceito, que tal descobrir como calcular e determinar a margem de lucro ideal? Não perca a leitura!

Como calcular a margem de lucro?

Ao contrário do que muitos possam pensar, o cálculo da margem de lucro é bastante simples. Para isso, basta dividir o lucro líquido (que consiste no faturamento menos todos os custos) pelo valor total de vendas. Assim, ficamos com a seguinte fórmula:

  • Margem de Lucro Líquido = lucro líquido / valor total de vendas x 100

Para você entender melhor, vamos a um exemplo: você vende um produto a R$ 100. Desse total, R$ 40 são para pagar os seus fornecedores, e outros R$ 20 são destinados para cobrir os demais custos de produção e impostos. Assim, sobram R$ 40 de lucro. Ao aplicarmos a fórmula, temos:

  • Margem de Lucro Líquido = 40 / 100 x 100 = 40

Com isso, podemos afirmar que a sua margem de lucro com esse produto é de 40%.

O que interpretar a partir desse cálculo?

O cálculo até pode ser simples, mas a análise da margem de lucro é um pouco mais complexa. Afinal, diversos fatores podem ter influência direta no resultado obtido, como os seus custos e a política de preços.

Se a sua empresa tiver um custo alto ou um preço de venda baixo, há possibilidade de que o seu lucro seja menor. Por outro lado, caso os seus custos sejam baixos, e o valor do produto, competitivo, o seu custo tende a ser maior.

Por isso, é preciso analisar com cuidado a sua margem de lucro, para determinar se ela está dentro do valor ideal para o seu negócio ou se é necessário fazer adequações para otimizar os seus resultados.

Margem de lucro ideal: como ajustar à minha realidade?

Caso haja necessidade de promover ajustes para alcançar a margem de lucro ideal, pode-se recorrer às seguintes estratégias:

Reduzir custos não estratégicos

Uma empresa tem dois tipos de custos: estratégicos e não estratégicos. O primeiro trata dos custos que podem gerar novos negócios, como marketing, sistema de gestão financeira e ações de vendas. Já o segundo representa as despesas necessárias para o funcionamento da companhia, como impostos, aluguel e contas diversas.

Dessa forma, reduzir custos não estratégicos é uma forma de tornar a sua produção mais barata — além de permitir adotar uma política de preços mais eficiente — e conseguir uma margem de lucro melhor.

Precificação de produtos

Algumas pessoas acham que definir preço de produtos ou serviços consiste apenas em absorver nele 100% dos custos. Porém, isso pode ser prejudicial para a sua empresa e o levar a perder clientes e mercado.

A precificação deve levar em conta o custo de aquisição ou produção, o valor cobrado pela sua concorrência e como os seus clientes percebem os preços praticados pelo seu negócio. Por isso, analise com cuidado todos esses aspectos para precificar produtos ou serviços.

Como vimos, a margem de lucro é bastante importante para o funcionamento da empresa. Decisões erradas podem prejudicar o seu negócio, mas uma análise correta pode torná-lo mais competitivo e aumentar a lucratividade. Fique atento às nossas dicas e otimize os seus resultados!

Gostou deste artigo sobre como calcular a margem de lucro ideal e avaliar o seu negócio? Então, leia este outro texto que explica como um sistema de gestão ajuda agências de turismo receptivo!

Posts relacionados

Deixe uma resposta